ATENÇÃO:

ESSE BLOG REVELA OS PLANOS DA NOVA ORDEM MUNDIAL PARA O GOVERNO DO ANTICRISTO. LEIA, COPIE E DIVULGUE ESSAS INFORMAÇÕES ANTES QUE TIREM DA INTERNET TUDO O QUE FALA DELE.

domingo, 25 de outubro de 2009

A MULHER MONTADA NA BESTA


A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA NO FIM DOS TEMPOS

"...vi uma mulher montada numa besta escarlate, besta repleta de nomes de blasfêmia, com sete cabeças e dez chifres." Apocalipse 17:3

INTRODUÇÃO

A visão de João da mulher e a besta, em Apocalipse 17, não é a primeira a descrever essa horrenda criatura. Essa é a culminância de uma série de visões que começaram 600 anos antes, com o sonho do rei Nabucodonosor, na qual ele viu uma estátua : "A cabeça era de ouro, o peito e os braços, de prata, o tronco e os quadris, de bronze; as pernas de ferro, os pés, em parte, de ferro, em parte, de barro" Daniel 2 :32-33.

A interpretação dada por Deus a Daniel foi que a estátua, com suas quatro partes de metais diferentes, referia-se a quatro Impérios Mundiais: Babilônico, Medo-Persa, Grego e Romano. O Império Babilônico ainda existia naquela época. Que ele foi sucedido pelos outros três, nessa ordem, é fato confirmado pela história.

Por que só quatro impérios foram vistos? O que foi feito de tantos outros que a história registrou e que ocuparam territórios tão grandes quanto qualquer um desses quatro? A Bíblia os ignora, pois o tempo os fez desaparecer, não voltarão mais a existir. Apenas Roma ressurgirá, pois sua ferida mortal será curada( Ap.13:3).

Durante séculos o centro do poder mundial foi o Egito. Houve grandes dinastias na China, houve também os reinos Maia e Asteca, na América Central e do Sul. Por um tempo, os árabes controlaram a maior parte da África, do Oriente Médio e porções da Europa. Nenhum desses impérios, contudo, se reerguerá novamente. Só Roma recobrará a sua grandeza. Assim como controlou o mundo antigo, ela será o quartel-general da Nova Ordem Mundial no governo do Anticristo e do FALSO PROFETA. As profecias são claras : o Império Romano se reerguerá com o governo da Besta na Europa Ocidental e sua sede será em Roma.

UM IMPÉRIO DIVIDIDO

As duas pernas da estátua simbolizam profeticamente a divisão do quarto império, o Romano, em Oriental e Ocidental, e assim aconteceu. No ano 330, o imperador Constantino estabeleceu Constantinopla (hoje Istambul) como sua nova capital imperial, deixando o bispo de Roma encarregado do Ocidente, fazendo que assim tudo ficasse pronto para a divisão política e religiosa do império. A ruptura religiosa definitiva aconteceu em 1054, quando a Igreja Ortodoxa Oriental se desligou da Igreja Católica Romana Ocidental e o papa Leão IX excomungou o patriarca de Constantinopla, Miguel Cerulário. A divisão entre o catolicismo romano e os ortodoxos orientais permanece até os dias atuais e foi o que causou as guerras sangrentas que dizimaram a Iugoslávia, resultando na independência da Croácia e da Bósnia-Herzegóvina.

O Império Romano foi politicamente reativado várias vezes no Ocidente- por exemplo, no ano 800, com Carlos Magno. Os reinos do Oriente e Ocidente, contudo, nunca mais foram reunificados. O Império Romano, como um todo, deixou de existir politicamente, mas a sua religião continuou crescendo e se espalhou pelo mundo todo. Hoje a Igreja Católica Romana tem mais de 1 bilhão de membros. A Igreja Ortodoxa tem pouco mais de um quinto desse número. A ruptura entre essas duas igrejas será restaurada pelo Anticristo e o Falso Profeta.

Os protestantes de várias denominações correspondem ao remanescente do que tem sido conhecido como Cristandade, totalizando 1,7 bilhões de pessoas, cerca de 30% da população do mundo hoje.

O PERIGO DO ECUMENISMO

Os tempos finais serão a época do maior engano religioso que já houve. O mundo está sendo preparado para a vinda do Grande Líder – o Anticristo, A BESTA – que trará aparentes soluções para tudo, prometerá a ansiada paz e oferecerá uma Religião Mundial para agradar a todos. Ele terá o auxílio do Falso Profeta , líder religioso que fará grandes sinais para iludir as pessoas (Apocalipse 13:13), fazendo-as até construir uma Imagem da Besta para ser adorada. De acordo com Apocalipse 13:8, "Adorá-lo-ão todos os habitantes da terra". Isso indica que não apenas o catolicismo romano e os ortodoxos se reunificarão, mas também os protestantes (os que não são guiados pelo Espírito Santo e que não foram arrebatados, serão facilmente enganados pelo discurso aparentemente pacifista do Falso Profeta e seu Ecumenismo) se unirão a eles, assim como todas as outras religiões, incluindo até mesmo os muçulmanos, formando uma Religião única, que exigirá total obediência e adoração ao Imperador, como na época dos césares, com pena de morte para os que se recusarem a aceitá-lo (Apocalipse 13:14-15).

A nova religião será uma mistura de cristianismo e paganismo, como aconteceu sob o governo de Constantino e continuou por vários séculos. Essa forma pervertida e paganizada de cristianismo tornou-se posteriormente conhecida como CATOLICISMO ROMANO, que com suas doutrinas e dogmas anti-bíblicas, afirma ser infalível e imutável ("semper eadem", ou seja, sempre a mesma) mesmo sendo responsável pela prisão, tortura e morte de milhões de pessoas durante séculos de domínio religioso no mundo pseudo-cristão (as principais vítimas de seus atos eram em sua maioria verdadeiros cristãos que seguiam a Bíblia- que eram considerados hereges por isso- e judeus, que foram tratados como leprosos e muito odiados pelos papas romanos). A Igreja Católica Romana, através do Papa, será o vínculo que permitirá a união ecumênica final de todas as religiões.

A religião sempre foi o elemento dominante nos impérios da Antigüidade. Sacerdotes, adivinhos, e bruxos eram os conselheiros dos governantes, e, na maioria dos casos, eram o real poder que estava por trás do trono, manipulando os soberanos com suas mágicas e conselhos duvidosos. A própria ciência tem suas raízes no ocultismo, começando pela astrologia e alquimia. Materialismo, ceticismo e ateísmo serão imersos nessa onda de interesse renovado pela "espiritualidade Nova Era" , que já está ocorrendo.

O ateísmo não é a maior arma de satanás em sua campanha para enganar a humanidade. O diabo não é ateu, pois sua maior ambição é "ser semelhante ao Altíssimo" (Isaías 14:14), ou seja, ele quer ser adorado como Deus, mas já que é um ser destituído de corpo, terá que satisfazer-se com a adoração recebida pelo homem que o representa: O Anticristo. Sendo o "deus deste mundo" (2 Coríntios 4:4), a maior arma de Lúcifer para levar bilhões de pessoas ao Inferno com ele, são as falsas religiões e as promessas enganosas que elas apresentam, as quais perverterão todos os que nelas crerem, impedindo que conheçam a Verdade que liberta, o SENHOR JESUS. A religião desempenhará um papel primordial no Novo Império Romano, como o fazia nos tempos antigos. Isso é retratado pelo fato da MULHER, que representa A RELIGIÃO, estar montada na Besta.

O PRIMEIRO E O ÚLTIMO ANTICRISTO

Está claro que o Anticristo e o Falso Profeta são uma imitação satânica de Cristo e que o Império Romano restaurado é uma imitação do Reino de Deus.

O prefixo "anti" vem do grego e tem dois significados: 1) oposição a ; 2) no lugar de ou em substituição a.

A Besta trará consigo ambos os sentidos. Sem dúvida, ele se oporá a Jesus, da maneira mais astuta e diabólica possível: fazendo-se passar por Cristo, pervertendo assim o cristianismo. Ele irá "assentar-se no santuário de Deus, ostentando-se como se fosse o próprio Deus." (2 Tessalonicenses 2:4).

Quando o Anticristo for adorado pelo mundo todo, seus seguidores serão obviamente chamados "cristãos" (lembre-se: os verdadeiros crentes nessa época já estarão na Glória com Deus). Assim sendo, o "cristianismo" é que subverterá o mundo; não o verdadeiro, mas uma imitação criada pelo diabo. Lembremos que a grande apostasia é o movimento ecumênico, o qual está arranjando tudo para a união religiosa.

O equivalente latino para "anti" é "vicarius", de onde vem a palavra "vigário". Assim, "vigário de Cristo" literalmente significa ANTICRISTO.

Embora os "Papas" se intitulem "vigários de Cristo" há séculos, eles não foram os primeiros a fazer isso, mas herdaram esse título do Imperador Romano Constantino, "o Grande". Como já observamos antes, no Império Romano o imperador era adorado como Deus. Pela posição que ocupava ele assumia a condição de líder do sacerdócio pagão e da religião pagã patrocinada pelo império. Foram feitas imagens dos césares, diante dos quais os cidadãos eram obrigados a se ajoelhar. Os que se recusavam a aceitar o imperador como deus eram mortos. Também será assim no governo da Besta (leia Apocalipse 13).

A PAGANIZAÇÃO DO CRISTIANISMO

Quando Constantino supostamente tornou-se cristão (algo que, na verdade, foi uma astuta manobra política), no ano 313, deu liberdade aos cristãos, tornando a religião como a oficial do império, só que com práticas estranhas à genuína fé bíblica (muitas doutrinas católicas foram criadas adaptando crenças pagãs, como o culto aos mortos, a devoção às imagens, a divinização de Maria, entre tantas outras heresias impostas pela "Religião Oficial").

Uma vez que a Igreja agora se tornara uma instituição religiosa absorvida pelo império, Constantino, como imperador, precisava ser reconhecido como seu líder "de facto". E como tal, ele convocou o primeiro Concílio Ecumênico, o de Nicéia, em 325, estabeleceu os assuntos a serem tratados, fez o discurso de abertura e o presidiu, não estando interessado na verdade do Evangelho, mas sim na unificação do seu império. Carlos Magno fez algo semelhante no Concílio de Chalon, 500 anos mais tarde. Constantino foi o primeiro ecumenista e introduziu o erro numa igreja cristã já cansada de tanta perseguição.

Ao mesmo tempo que dirigia a Igreja, continuava encabeçando o sacerdócio pagão, celebrando cerimônias satânicas e endossando a edificação de templos idólatras. Como chefe do sacerdócio pagão, ele era o "PONTIFEX MAXIMUS" (Sumo Pontífice) e precisava de um título semelhante como cabeça da Igreja. Os fiéis o honraram com o título de "Bispo dos bispos", enquanto ele preferiu se auto-intitular "Vicarius Christi", querendo dizer ser "outro Cristo", agindo no lugar de Cristo. Quando traduzido para o grego, podemos ver que o título significa literalmente ANTICRISTO. Constantino era o protótipo do Anticristo profetizado nas Escrituras.

Note, caro leitor, que até os dias de hoje, a "santa" Igreja Romana usa os mesmos títulos de "Sumo Pontífice", "Vigário de Cristo" e "Bispo dos Bispos", títulos que se referem ao Papa, considerado por muitos "infalível" e aceito pelos católicos erroneamente como sendo o "representante de Deus na terra", não podendo nunca ser contestado em suas opiniões e doutrinas. E ele já está articulando para a chegada de um Líder Mundial (leia artigo sobre A Nova Encíclica de Bento XVI).

Se você é um católico praticante, não tenha medo de contestar as doutrinas e práticas pagãs antibíblicas pregadas pela Igreja Católica Romana.

Obedeça a voz do Senhor Jesus que diz:
"SAI DELA, POVO MEU, PARA NÃO SERDES CÚMPLICES EM SEUS PECADOS" –
Apocalipse 18:4

10 comentários:

  1. Carissimos, Acredito somente em Deus, quando coloco minha cabeça no meu travesseiro eu peço a ele que me conforte pois por mais que seja doloroso ver este mundo de meu Deus acabar somente ele pode nos salvar, digo se realmente merecemos ele com certeza vai nos arrebatar para a sua morada e ai de la de cima oraremos as pessoas que ainda tenha salvação.

    ResponderExcluir
  2. Satanás é mentiroso e ao mesmo tempo astuto,ele é capaz de enganar milhões de pessoas que não conhece a palavra de Deus,ele se aproveita da ignorância das pessoas para implementar falsas religiões e falsos ensinamentos.A idólatria dos católicos por imagens de santos é uma prova disso,pois os católicos não conhece a palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  3. nesse grande dia as pessoas q se afas taram do caminho de Deus terá alguma chance se for o caso não aceitar os desejos da besta(sinal da besta.)

    ResponderExcluir
  4. Somente um idiota assim como vc se enquadra numa pestilenta ideias dentias destas. Vc ja é a propria encarnaçao do anticristo, vc possivelmente foi orientado pela besta do inferno a proferir palavras dentias contra a santa igreja de Deus, vc ja tem seu lugar no cento do inferno, por que é para la que demonios e bestas infernais devem ir . lava tua maldita boca com solda cusatica demonio pazuzu, para falar da santa igreja de Deus.

    ResponderExcluir
  5. Caro "anônimo" covarde (seja homem e se identifique!):

    Suas palavras agressivas provam o quão diabólico é o Sistema Religioso ( o mesmo que conspirou contra o Amado Salvador Jesus Cristo para O matar e também perseguiu e matou seus verdadeiros seguidores) que manipula as pessoas com as suas doutrinas e heresias diabólicas (invenções humanas sem respaldo bíblico), fazendo-as marionetes cegas capaz de tudo (até mesmo matar, como na "Santa Inquisição" e as "Cruzadas") NÃO PELO SENHOR JESUS CRISTO, MAS PELAS INSTITUIÇÕES RELIGIOSAS E SEUS LÍDERES APÓSTATAS!
    O ódio estampado em suas palavras contrasta com o mandamento maior de Jesus Cristo, O AMOR AO PRÓXIMO (aliás, até aos supostos inimigos temos que amar, nunca odiar!).
    Mas é muito cômodo frequentar uma religião sem questionar suas doutrinas (Colossenses 2:8), sem pesquisar na história e, principalmente, na Palavra de Deus, se suas práticas condizem com a Verdade Eterna.
    É muito facil se deixar levar pelos outros, pois o homem natural, caído e afastado do Criador pela sua rebeldia (Romanos 3:23), se apega a tantas coisas para tentar justificar sua culpa, esquecendo-se do ÚNICO MEIO pelo qual possamos ser salvos: SÓ ATRAVÉS DA FÉ NO FILHO DE DEUS, JESUS CRISTO ! (Atos 4:12; Romanos 5:1; Gálatas 2:16; 1 Timóteo 2:5)
    Que todos aqueles que lerem essa resposta reflitam se vale a pena seguir as religiões enganadoras e manipuladoras ou buscar ter um real encontro com o SENHOR DEUS, através do ÚNICO CAMINHO VERDADE E VIDA, ÚNICO MEDIADOR, ÚNICO INTERCESSOR, ÚNICO ADVOGADO, ÚNICO, MARAVILHOSO, INCOMPARÁVEL: O SENHOR JESUS CRISTO!
    À ELE, TODA GLÓRIA, HONRA E LOUVOR!

    Queridos, LEIAM A BÍBLIA, PRINCIPALMENTE O NOVO TESTAMENTO e vejam a gigantesca diferença entre SALVAÇÃO E RELIGIÃO.

    IGREJA NÃO SIGNIFICA RELIGIÃO, QUANDO JESUS DIZ "MINHA IGREJA" SE REFERE AOS RENASCIDOS CRISTÃOS SALVOS DE TODAS AS ÉPOCAS, QUE SERÃO ARREBATADOS EM BREVE PARA O CÉU! (1 Tess. 4:16-17).
    Que o Espírito Santo ilumine seus pensamentos, guiando-os a Verdade Eterna do Evangelho da Graça!

    ResponderExcluir
  6. SÓ HÁ UMA IGREJA, A CATÓLICA; TODAS AS OUTRAS HISTORICAMENTE HUMANAS INVENÇÕES

    A Igreja Católica foi historicamente instituída por Jesus, aliás ela O é Ele mesmo. Ele é a Cabeça da Igreja, que é o seu Corpo, confira-o em Cl 1.18, Cl.1,24, Ef 1.22,23 e 1 Cor 12.12+ etc. A Igreja Católica possui aprox. 2000 anos e as centenas de igrejas evangélicas todas têem fundamentação humana, reinos divididos entre si mesmos, onde se faz o que quer ou convém com a Bíblia. Veja no YouTube os pastores como se odeiam: trocas de farpas, mútuas acusações graves de pertencerem à maçonaria.
    Primeiro surgiu a Igreja, depois a Bíblia. Não há Bíblia sem Igreja, aliás foi escrita para os católicos. A redação inciou em aprox. 65 DC, findou em aprox. 150 DC e em 312 aprox. é que se determinaram os livros atuais do cânon católico. Por quase 1600 anos a Igreja praticamente usou apenas a Tradição – a única que a possui – pois não havia imprensa ou qualquer outro meio de comunicação e muito menos bíblias portantes; eram escritas em materiais frágeis.
    E vejam que nesse período intermediário de início de redação da Bíblia até à sua finalização caracterizou-se por muitas discussões dentro da Igreja, entre seus bispos com o herege Marcião, queria inserir tudo até validar os evangelhos apócrifos de Tomé e M. Madalena e os gnósticos que nada aprovavam para se inserir no cânon, etc. E vêem agora esses sectários bibliodólatras nos querer afirmar que só vale o que está na Bíblia, se a imprensa apareceu a partir do ano de 1450…E antes disso, como se evangelizava?
    Muitas dessas igrejas praticam lavagem cerebral e quanto às discussões entre evangélicos, tudo indica que essas querelas são geradas por clientela.
    Quanto ao estudo constante da heresiologia à atualidade é pelo fato de pipocarem igrejas evangélicas e de outras ideologias religiosas às centenas em grupamentos independentes, talvez a cada dia, em geral do ramo evangélico neo pentecostalista. São doutrinário-herético-relativistas, onde se faz a exegese bíblica segundo os pontos de vista pessoais.
    Basta conferir com qualquer centro espírita no tocante aos rituais; no próprio You Tube há vídeos de explanações comparativas nesse sentido. Todas essas ideologias religiosas paralelas são reinos divididos contra si mesmos, por isso subsistem-se estilhaçadamente entre si em constantes rixas; só se unem para atacarem a Igreja Católica.
    Se não existisse a Igreja Católica e a Sagrada Tradição, haveriam atualmente bíblias à disposição e mesmo essas seitas, que são apostasiados da Igreja Católica?

    ResponderExcluir
  7. Meu amigo cuidado com você fala dizendo que a Igreja Católica é a besta,pode ser pecado contra o Espírito Santo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah, por favor, e USURPAR o lugar do VERDADEIRO REPRESENTANTE DE DEUS NA TERRA, O ESPÍRITO SANTO (como o Senhor Jesus nos falou em João 16:7)como o papa romano faz, é o que?

      Excluir
  8. Doutrinas extra-bíblicas inventada pelos lideres romanos, veja com atenção esse estudo cronológico:
    http://defesa-da-fe.blogspot.com.br/2009/06/cronologia-das-heresias-catolicas_05.html
    Esse artigo é muito esclarecedor, bem fundamentado e explicado:http://www.espada.eti.br/rc114.asp
    A MISSA: http://www.espada.eti.br/rc113.asp

    ResponderExcluir
  9. Parabéns.
    Deixe que te critiquem.pois muitos tbem se converterao, lendo sua publicação.
    Se isso foi um absurdo para os críticos, tbem isso esta sendo um "abre visão"para outros.
    Você fez sua parte, agora deixe que o Senhor faça o resto...
    Pra provar que ele ainda defende seu povo...

    ResponderExcluir